Com o tema #QueVergonhaItaú , campanha nacional organizada pelos bancários do Itaú denuncia, além das demissões, assédio moral, pressão por metas entre outros ataques que prejudicam a categoria

O movimento sindical soma forças à campanha nacional que está sendo lançada pelos trabalhadores do Itaú em defesa dos empregos. Com o mote #QueVergonhaItaú, ação é centrada nas redes sociais e busca ampliar as denúncias sobre os ataques que o banco vem fazendo contra os bancários e bancárias da instituição. Assédio moral, demissões e cobrança de metas são alguns dos exemplos.

 Reestruturação

O processo de reestruturação no Itaú, com fechamento de agências, alteração de funções, desligamentos e assédio moral têm gerado o adoecimento dos bancários do Itaú. O movimento sindical está atento a essas questões e segue buscando todas as medidas cabíveis para manter empregos e garantir condições dignas de trabalho não só para os colegas do Itaú, mas para toda a categoria.

É importante que os bancários denunciem para o Sindicato os casos de assédio e outras posturas que estejam prejudicando os bancários. O use um dos canais do sindicato (email: contato@sintrafgv.com.br ou telefone 33-3271.5670) as denúncias são mantidas no anonimato.

Deixe uma resposta