CAMPANHA SALARIAL DOS BANCÁRIOS 2020 – 10ª Reunião realizada neste sábado (22/8)

A Comissão Nacional de Negociação da CONTEC realizou – via remota/virtual –, voltou a se reunir com a Comissão de Negociação da FENABAN, a partir das 15 horas deste sábado, para debater as reivindicações dos bancários para a presente data-base, insistindo na manutenção dos direitos convencionados e acréscimo de outros benefícios à Convenção Coletiva de Trabalho, com objetivo de melhorar a qualidade de vida dos bancários e o bom atendimento da sociedade.

A reunião teve início com a cobrança pela Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação (CEBNN/CONTEC) de resposta da Comissão de Negociação da FENABAN às cláusulas ainda pendentes de solução.

A Comissão de Negociação da FENABAN apresentou proposta para garantia dos bancos à postergação da manutenção dos colegas que se encontram laborando em teletrabalho, bem como possibilitando o retorno ao teletrabalho para colegas que tiveram que voltar ao trabalho presencial, bem como regulando formas deteletrabalho após a pandemia.

A respeito das cláusulas econômicas, a Comissão de Negociação da FENABAN apresentou o que segue:

AUXILIOS REFEIÇÃO, CESTA ALIMENTAÇÃO, CRECHE/BABÁ E DEMAIS BENEFÍCIOS, em que a Fenaban concorda com a manutenção da 13ª Cesta, condicionando que em caso de autuação dos bancos ao recolhimento dos encargos, o custo desses encargos seja dividido com os trabalhadores e que na hipótese de algum banco ser condenado a pagamento em face de processo judicial patrocinado por sindicato, os custos sejam descontados da 13ª cesta alimentação. À Comissão de Negociação da CONTEC restou rejeitar a proposta.

Gratificação de Função, havendo a FENABAN insistido na proposta de redução de 55% para 50%, para quem não recebe gratificação semestral e de 50% para 45%, para quem recebe gratificação semestral em razão de decisão judicial transitada em julgado. Diante da insistência de reduzir direitos, a Comissão de Negociação da CONTEC rejeitou a proposta.

Gratificação semestral, tendo a Fenaban concordado em manter a cláusula vigente, do pagamento da gratificação semestral para os colegas que tiveram seu direito garantido judicialmente.

Tendo em vista que a proposta representa um retrocesso no equilíbrio das regras de PLR, a Comissão de Negociação da CONTEC recusou a proposta, registrando que entende que as regras atuais já estão adequadas e já preveem as questões de diferentes resultados pelos bancos.

Nesse contexto, destacando que o risco da atividade econômica é dos bancos, que representam um dos setores mais rentáveis da economia nacional, a Comissão de Negociação da CONTEC recusou as propostas de natureza econômica e ficou de estudar a proposta relativa ao teletrabalho.

A Comissão de Negociação da CONTEC não concorda com a retirada ou redução de direitos conquistados ao longo de muitos anos pelos trabalhadores bancários, que laboram para o setor financeiro, que é de altíssima rentabilidade.

A próxima reunião ficou agendada para a próxima terça-feira (25), a partir das 16 horas.

Necessitamos que as entidades sindicais mantenham os bancários bem informados sobre o andamento da campanha salarial, com destaque para as ameaças de retirada e redução de direitos, mobilizando-os para pressionar os bancos a atenderem as reivindicações dos bancários, por meio da FENABAN.

Deixe uma resposta