DIREÇÃO DA CAIXA RECUA DE ORIENTAÇÃO ABSURDA MAS MANTÉM EXPOSIÇÃO DOS TRABALHADORES

Como o movimento sindical havia alertado, as agências da Caixa em São Paulo abriram no sábado (9) sem necessidade. Dirigentes sindicais visitaram diversos locais de trabalho na zona norte e no Centro da capital de SP e também em Guarulhos, e encontraram agências vazias, praticamente sem movimento de pessoas buscando sacar o auxílio emergencial referente a pandemia de coronavírus.

Ao invés de abrir duas mil agências, como havia programado, a direção da Caixa abriu 600. O presidente do banco, Pedro Guimarães, havia convocado os gerentes gerais, único cargo que não bate ponto, das agências que não irão abrir, para apenas para informar aos usuários qual a unidade aberta mais próxima. Porém, após cobrança da Comissão Executiva de Empregados (CEE/Caixa), o banco voltou atrás e não convocou os gerentes.

A direção da Caixa também mudou o perfil das agências abertas, preferindo unidades mais centralizadas e em bairros nos quais os moradores têm maior poder aquisitivo no lugar das localizadas nas periferias das cidades.

“Conversamos com empregados e constatamos que o movimento foi muito tranquilo, o que reforça nossa recomendação de que as agências não precisaria abrir neste sábado. Isso só explora mais os trabalhadores que estão trabalhando duro para atender a população. Vamos esperar que o bom senso alcance a direção da Caixa”, comentou Dionísio Reis, empregado Caixa e coordenador do CEE. (Fonte: Seeb SP)

 

SINTRAF-GV:

Facebook